top of page

mestrado

Em construção... E desconstrução...

Discursos e representações presentes nos jornais O Estado de S. Paulo e O Globo durante o governo Castelo Branco (1964-1967) 

Esta pesquisa analisou editoriais e charges presentes nos jornais O Estado de S. Paulo (OESP) e O Globo (OG) durante a ditadura civil-militar nos anos do governo do mal. Castelo Branco (1964-1967).

Isto nos permitiu analisar não só os discursos e representações emitidos, criados e/ou apropriados pela mídia sobre diversos assuntos:

  • A fundamentação do golpe em si e a busca pela sua legitimação;

  • A representação de uma "alta moralidade" dos militares como forma de legitimação do golpe e do novo governo, auxiliando a esconder e deslegitimar acusações de corrupção e abusos aos direitos humanos que ocorriam na época;

  • O discurso anticorrupção e sua seletividade;

  • O discurso anticomunista, suas representações e o apontamentos de inimigos a serem atingidos pela "limpeza" pedida por parte da mídia e executada pelo governo;

  • A defesa quase que inconteste do AI-1 e seus efeitos;

  • As eleições de 1965 e o início do afastamento d'OESP de Castelo Branco, pois o jornal defendia maior repressão e adiamento da liberalização;

  • A situação socioeconômica, perda de direitos e inflação;

  • O AI-2 e o apoio recebido (algo que vai na contramão do discurso de hoje d'OESP de que rompeu com o AI-2, apoiam este, mesmo tendo rompido com Castelo);

  • A esperança em Costa e Silva, a recepção à Constituição de 196, Lei de Imprensa e Lei de Segurança Nacional: rompimento completo por parte d'OESP e continuação do alinhamento por parte d'O Globo.

As fontes nos serviram, portanto, não só para estudar suas motivações, discursos e representações, mas também, para adentrarmos e compreendermos em fatos ocorridos no período estudado, tornando esta pesquisa num estudo mais holístico possível, envolvendo diferentes campos de estudo, como História, Sociologia, Direito e Economia; e revelando e estudando casos ainda a serem estudados/divulgados, especialmente no tocante à corrupção.

bottom of page